Agronegócio

Suínos/Cepea: Cotações do vivo e da carne iniciam ano em queda

As cotações do suíno vivo e da carne apresentam forte queda no mercado interno

As cotações do suíno vivo e da carne apresentam forte queda no mercado interno neste início de ano, devido ao fraco ritmo de vendas. No atacado da Grande São Paulo, a carcaça especial suína se desvalorizou 8,6% entre 29 de dezembro e 11 de janeiro, com negócios na média de R$ 6,64/kg nessa quarta-feira, 11. O preço da carcaça comum recuou 8,3% no mesmo período, passando para R$ 6,20/kg.

Segundo colaboradores do Cepea, mesmo que a oferta de animais esteja relativamente enxuta, com animais mais leves nas granjas, frigoríficos também têm pressionado os valores pagos ao produtor independente, alegando dificuldade de venda da carne. Na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), o preço caiu 7,5% na parcial de janeiro, com o quilo do animal passando para a média de R$ 4,23 no dia 11.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é ser necessário ser cadastrado
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos