Lagarta do cartucho

Lagarta militar (Spodoptera frugiperda)

Culturas Afetadas: Acelga, Agrião, Alface, Alfafa, Algodão, Almeirão, Amendoim, Arroz, Arroz irrigado, Aveia, Batata, Brócolis, Cana-de-açúcar, Cenoura, Centeio, Cevada, Chicória, Côco, Couve, Couve-flor, Espinafre, Feijão, Fumo, Mandioca, Maracujá, Milheto, Milho, Mostarda, Pastagens, Pimenta, Pimentão, Repolho, Rúcula, Seringueira, Soja, Sorgo, Stevia, Todas, Todas as culturas com ocorrência do alvo biológico, Tomate, Trigo, Triticale

Sinônimo: Laphygma frugiperda

As lagartas recém eclodidas raspam as folhas e se alojam no cartucho, onde se observa seus excrementos. Pela destruição do cartucho, principalmente na fase próxima ao florescimento, podem causar danos expressivos que se acentuam em períodos de seca. Os dnos são maiores quando o ataque ocorre em plantas com 8 a 10 folhas.

Danos: Esta espécie ataca preferencialmente o cartucho, mas também podem ser encontradas atacando plântulas, com hábito semelhante ao da lagarta rosca, espigas e, também, perfurando a base da planta, atingindo o ponto de crescimento e provocando o sintoma de "coração morto", típico da elasmo.

Controle: Tratamento de sementes, para controle nas fases iniciais da cultura, e aplicação de inseticidas sistêmicos, que controlam bem a praga quando as condições de suprimento de água são satisfatórias. Em condições de déficit hídrico, os tratamentos anteriores devem ser suplementados com pulverizações direcionadas para a região do cartucho. Recomenda-se o uso de produtos registrados para as culturas.

Deslize o dedo na tabela abaixo para movê-la horizontalmente
Mostrando 1 até 12 de 193