30/10
CBOT
BM&F

Soja
US$ 10,22 (NOV14)
R$ 22,95 (MAI15)

Milho
US$ 3,73 (DEZ14)
R$ 28,48 (NOV14)



Rio+20 é a chance do agronegócio brasileiro mostrar sua grandeza

Visitas: 954

Rio+20 é a chance do agronegócio brasileiro mostrar sua grandeza
22/05/12 - 05:38 
A Conferência Rio+20, que acontecerá entre os dias 20 e 22 de junho, será a grande oportunidade para o setor mostrar a grandeza do agronegócio nacional. “A discussão principal vai ser a produção de mais alimentos de forma sustentável”, apontou o presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), Luiz Carlos Corrêa Carvalho, durante o Fórum ABAG-Cocamar – Integração Lavoura, Pecuária e Floresta, realizado na sexta, 18, em Maringá (PR), na 40ª edição da Expoingá.
 
Na avaliação de Carvalho, a mídia tem que entender que o Brasil é o país do agronegócio e considerou a discussão sobre o código florestal histérica. O dirigente lembrou que o mundo depende do agronegócio brasileiro para se alimentar e destacou a importância do sistema de Integração Lavoura Pecuária e Floresta (ILPF) neste processo. “A ILPF será nova a revolução na agricultura, alimentando o mundo de forma sustentável. O mundo está olhando o Brasil e atenta para esta revolução tecnológica, com as cooperativas acelerando este processo”, frisou.
 
Também presente na abertura do evento, o secretário de Agricultura do Paraná, Norberto Ortigara, afirmou que o foco não é mais discutir a ILPF, mas a velocidade em que o sistema deverá ser adotado pelos produtores. Ortigara garantiu que o governo do estado está empenhado em qualificar o quadro técnico, como forma de auxiliar na expansão da Integração. “Já temos um produtor mais preparado e estamos preparando novos profissionais qualificados. O governo tem disposição para fazer uma aliança, esta grande intervenção positiva, produzindo resultado para o agricultor e para a sociedade”, concluiu.
 
O presidente da Cocamar, Luiz Lourenço, ratificou que a cooperativa acredita na ILPF. “Isso vai mudar a agricultura brasileira, pelo potencial de recuperação de área. Precisamos de uma mudança de atitude”, disse.
 
Material distribuído por: Mecânica de Comunicação Ltda.; Texto de Dylan Della Pasqua

Agrolink com informações de assessoria
Página gerada em: 31/10/2014 13:29:47 - (5 min)

Notícias relacionadas

31/10/14 » Evento vai discutir produção de algodão em Goiás
31/10/14 » Área plantada de arroz já passa de 50% no Rio Grande do Sul
31/10/14 » Vespinhas para controlar lagarta do cartucho do milho despertam interesse no RS
31/10/14 » Primeiras chuvas favorecem o plantio de sorgo para silagem
31/10/14 » Tocantins dá início ao plantio da primeira safra de milho

Comentários

Comente esse conteúdo preenchendo o formulário abaixo e clicando em enviar






- Opiniões expressas nesse ambiente são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representam o posicionamento do Portal Agrolink.

Até o momento não houve nenhum comentário para esse conteúdo.