Agronegócio

TRIGO/CEPEA: Oferta abundante deve manter pressão sobre cotações

As cotações do trigo devem seguir pressionadas em 2017, refletindo principalmente a baixa liquidez no primeiro semestre e a expectativa de ampla oferta do cereal tanto brasileira como do Mercosul. Segundo pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, se, de um lado, os menores preços favorecem compradores, de outro, desestimulam produtores, com a área podendo cair por mais um ano. No mês passado, o preço médio real do trigo na região Sul registrou o menor patamar da série histórica do Cepea – valores deflacionados pelo IGP-DI de novembro/16. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é ser necessário ser cadastrado
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos