Agronegócio

Dos destroços da eleição...

Rangidos de dentes
Eleitores sorrindo
Eleitores chorando
Outros indiferentes
Vencedores e vencidos
Votos comprados
Votos vendidos
Dinheiro sujo
Insônia e cansaço
Maus exemplos
Bons exemplos
Cidadania exercida
Esperanças renovadas
Promessas impossíveis
Rabos presos
Viracasacas
Consciências leves
Consciências pesadas
Muitas alienadas
Candidatos endividados
Marionetes e fantoches
Recursos desperdiçados
Lixo nas ruas
Despreparados eleitos
Políticos profissionais
Futuro incerto
Provocações e deboches
Farpas e estilhaços
Lutas inglórias
Candidatos frustrados
Imagens manchadas
Famílias divididas
Vizinhos brigados
Amizades desfeitas
Capangas e coronéis
Festas e foguetes
Crimes e atentados
Choros e velas
Empregos e desempregos
Tetas e cabides
Eleitores iludidos
Hipócritas e demagogos
Resultados contestados
Resultados injustos
Alguns inesperados
Doenças crônicas
Esquemas fechados
Comentários a esmo
Cultura medíocre
Segunda-feira
Rotina de volta
Dois mil e dezoito
Mais do mesmo
Até quando?
Atenção: Para comentar esse conteúdo é ser necessário ser cadastrado
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos