17/01
CME
BM&F

Soja
10,69 (17/01)
n.d.

Milho
3,65 (17/01)
34,94 (17/01)

Colunistas


A comunicação dos agroquímicos

Quantidade de visitas: 759
06/09/2016 - 00:00

Jose Luiz Tejon Megido

O monitoramento de redes sociais passa a ser fundamental na gestão de todo agronegócio e de setores do agro. Um relatório da NetNexus, que monitora todo o agronegócio nas redes sociais, revela que 84% das reverberações sobre agrotóxicos são negativas. Estas refletem a medição de menções ao agro referentes à última semana, e dentre elas se destacam, por exemplo, um estudo da Universidade do Ceará que atribui o aumento de casos de câncer em jovens que  foram expostos aos agroquímicos, outra sobre aves na Antártica com a presença de pesticidas no sangue, e uma publicação do Ministério da Agricultura e Pecuária que mostra os Estados mais contaminados do Brasil.
Muito bem, há três semanas os agrotóxicos contavam com 83% de reverberações negativas e na penúltima a proporção aumentou para 84%. O único aspecto positivo nas redes sociais sobre os agrotóxicos foi a notícia que coloca Minas Gerais como o Estado que possui o maior número de centrais para recolhimento de embalagens de defensivos.
O que você faria se sua categoria de negócio estivesse classificada com 84% de reverberações negativas nas redes sociais? Está na hora dos dirigentes das empresas agroquímicas compreenderem que, ou se comunicam ou tomam uma iniciativa institucional educadora e de diálogo com a sociedade. Caso contrário, essa negatividade toda pode sim, ser um câncer legítimo contra o setor, e uma mácula para a imagem do agronegócio brasileiro como um todo.
Está na hora do setor agroquímico, como prefiro chamar, aprender e saber se comunicar com a sociedade em geral, pois sem agroquímico não faremos agro comida, agro energia, agro fibras, agro proteínas e hortifruticultura.




Comentários

Comente esse conteúdo preenchendo o formulário abaixo e clicando em enviar






- Opiniões expressas nesse ambiente são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representam o posicionamento do Portal Agrolink.

Até o momento não houve nenhum comentário para esse conteúdo.


Outras colunas do mesmo autor


Colunistas | Eventos  | Cadastre-se  | Agrotempo  | Feiras e Fotos  | Vídeos
Ip: 54.145.232.99 Cod: -1 Est: -1 Cid: -1

 
Fale Conosco
Em que podemos ajudá-lo?