27/07
CME
BM&F

Soja
US$ 9,93 (27/07)
n.d.

Milho
US$ 3,32 (27/07)
R$ 48,76 (27/07)

Biotecnologia


Aprenda a fazer enxerto

Visitas: 48306

Aprenda a fazer enxerto
27/04/12 - 11:16 
A partir desta técnica se pode obter plantas mais resistentes a pragas e doenças, frutas mais saborosas e flores com novas cores e texturas. Além disso, segundo especialistas, a enxertia pode tornar produtiva uma planta estéril

Segundo Leonardo da Silva Ribeiro, engenheiro agrônomo, “o enxerto é a técnica que consiste em usar duas variedades da mesma espécie na produção de uma muda”, o enxerto (garfo) e o porta-enxerto (cavalo). O garfo, cavaleiro ou enxerto é a parte de cima, que vai produzir os frutos da cultivar desejada. E o cavalo ou porta-enxerto é a parte de baixo, que vai formar o sistema radicular, o qual tem como funções básicas o suporte da planta, fornecimento de água e nutrientes e a adaptação da planta às condições do solo, clima e doenças.

Consiste em unir e aproveitar o ponto forte de duas plantas da mesma família. É utilizado para obter plantas mais resistentes a pragas, ou novos sabores no caso das frutíferas e novas cores e texturas no caso das floríferas. E também para tornar produtiva uma planta estéril.

Três tipos

Existem três modos de fazer o enxerto. Todos têm vários modos de aplicação, conforme cada planta é utilizada uma técnica.

Garfagem, entre os mais conhecidos estão a de topo; fenda cheia ou fenda completa; fenda dupla ou dupla garfagem; meia-fenda cheia; meia-fenda vazia; fenda incrustada, fenda lateral; fenda a cavalo; inglês simples e inglês complicado.

O enxerto e o porta-enxerto precisam ser do mesmo diâmetro, porque o primeiro se encaixa no segundo. Corte o garfo (que é o enxerto) de maneira precisa, na forma de V, e encaixe-o no porta-enxerto. Uma das desvantagens dessa técnica é que o porta-enxerto não pode ser muito velho. Com o garfo dentro do porta-enxerto, amarre com uma espécie de corda. Deve-se cortar todos os galhos do porta-enxerto, deixando só dois ou três, para deixar o enxerto respirar, caso a técnica seja feita no campo.

A borbulha e suas formas, como o T normal; T invertido; em janela aberta; em janela fechada; chapinha e anelar. Com um canivete, corte um pedaço da casca do enxerto, a borbulha. Faça outro corte com a mesma dimensão no porta-enxerto para acolher a borbulha. Encaixe a borbulha no galho receptor de maneira bem delicada, com a gema virada para cima.

E a encostia, também com suas subdivisões, lateral simples e inglesa; de todo simples e inglesa e subenxertia. Geralmente essa técnica é usada quando as outras duas técnicas não vingaram. Faça uma incisão nas duas plantas e encoste uma na outra para que haja a troca de seiva e, finalmente, a união dos tecidos.

É preciso prender com fita para que a união entre as partes fique mais forte. Quando houver a devida união dos tecidos e a encostia vingar, comece a cortar, aos poucos, o cavalo. Essa técnica se usa muito para substituir o cavalo de uma planta que já passou por enxerto.

É importante que “a aquisição da muda seja feita em viveiros idôneos, que tenham um bom histórico, um bom material. É preciso observar qual é a matriz, qual o estado dela, de onde ela veio”, completa Leonardo.

Melhoramento genético para frutíferas e flores

A vantagem principal da enxertia é que “a produção inicia-se precocemente, visto que o enxerto é feito com plantas já em estado reprodutivo”, destacam os especialistas. Logo, assim que a adaptação de uma espécie a outra seja completa, em pouco tempo a nova planta irá produzir. O ciclo de produção de plantas enxertadas é menor que as de “pé franco” (plantas que não foram enxertadas), eis aí mais um ponto a favor do bolso do produtor.

Outro ponto é a uniformidade das plantas do pomar, já que são oriundos de uma única planta matriz, e o porte da planta adulta tende a ser baixo, o que facilita na hora da colheita.

“Na Grande Cuiabá há muitos viveiros que possuem plantas frutíferas enxertadas, sendo que algumas, além de vender produzem mudas. A maioria das frutíferas é oriunda da técnica de enxertia [...] cada espécie tem um tempo certo para aplicação do processo”, fala Leonardo da Silva.

A época certa para a realização da enxertia depende da biologia e do tipo de enxerto a ser realizado. Para caducifólias, a época indicada é o inverno, já para perenifólia, a primavera/verão são melhores. Depende também da técnica que vai ser aplicada. Nos enxertos por borbulha o ideal é quando a planta está no período de vegetação ativa, devido à grande quantidade de seiva que esta em circulação, geralmente a casca se desloca facilmente do lenho tornando fácil a introdução da gema sob a casca. Já nos enxertos por garfagem a melhor época é quando a planta esta em repouso vegetativo, isso geralmente ocorre no inverno. A técnica por encostia pode ser executada durante todo o ano, sendo melhor ser utilizada nos meses da primavera.

FLORES
A floricultura brasileira é hoje uma atividade econômica importante no agronegócio do País. Nos últimos anos, registra-se um significativo crescimento da produção de flores na maioria dos Estados brasileiros. O potencial de expansão da atividade voltada para o mercado interno é enorme e oferece oportunidades promissoras, para quem tem um bom produto, assim garantem os especialistas.

O Festival das Flores oferece mais de 200 variedades de plantas, a preço de custo, que vão desde a exótica carnívora à conhecida roseira. Realizado em várias capitais do país, em Cuiabá o Festival é sucesso de público. A feira já registrou a presença de cerca de 100 mil pessoas.

As edições anteriores do Festival proporcionaram aos estudantes e professores de escolas públicas e privadas a oportunidade de conhecerem plantas que serviram de pesquisas para os alunos, tornando o evento um local de conhecimento cultural e científico.

Página gerada em: 28/07/2016 05:31:12 - (5 min)

Notícias relacionadas

27/07/16 » Safra de trigo da Ucrânia deve alcançar 24,8 mi t em 2016, diz consultoria
27/07/16 » Encontro em Chapecó (SC) vai debater gestação coletiva de matrizes suínas
27/07/16 » La Niña mais fraco afasta temores de perdas na soja e milho na América do Sul
27/07/16 » Área plantada com soja no Brasil crescerá no menor ritmo em uma década, aponta pesquisa
27/07/16 » Agricultura familiar baiana exporta produção para a Europa

Comentários (18)

Comente esse conteúdo preenchendo o formulário abaixo e clicando em enviar






- Opiniões expressas nesse ambiente são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representam o posicionamento do Portal Agrolink.

23/07/2016 às 06:03h - Boa tarde, vamos ver se alguem pode me ajudar.eu gostaria de plantar um flamboyant de madacascar mais fiquei sabendo que suas raizes sao agressivas ai pensei em fazer um enxerto num ipe, ha possibilidade de dar certo? (manoel santiago)
18/06/2016 às 09:28h - Desejo aprender a tecnica da enxertia, principalmente em flores. Att. Olavo. (Olavo Porto Brignol)
27/05/2016 às 07:04h - téc.descrita será realizada de tangerina para tangerina c/7anos,semfrutos,c/origemP/semente (Francisco Azevedo)
22/04/2016 às 03:50h - Boa tarde Sr. Leonardo. Árvore frutífera enxertada tem os frutos melhorado a partir do enxerto para cima ou na parte abaixo do enxerto também? Poderia me esclarecer por favor? Obrigada (Maria Albano)
09/04/2016 às 08:29h - Eu posso fazer enxerto de manga numa arvore arueira? Me ajudeeeeee (Ruth)
09/04/2016 às 08:25h - Eu posso fazer enxerto de kaki Numa arvore arueira? Me ajudeeeeee (Ruth)
25/02/2016 às 03:57h - Muito obrigado Sr. Leonardo. Como tenho varias plantas que não se frutificam vou tentar faazelas produzir alguma coisa. +1x obrigado..alaor (Alaor Precendo)
17/01/2016 às 04:28h - Gostaria de informações precisar sobre época do ano e lua para encherto em caki (joao sintra)
09/11/2015 às 02:58h - Boa tarde. Gostaria de saber, por favor qual a melhor altura pra enxertar uma amexieira e qual a melhor maneira de o fazer. Obrigado Luis Almeida (Luis Almeida)
27/09/2015 às 07:20h - Tenho em casa duas laranjeiras adultas (20 anos), que produzem frutos inaproveitáveis de tão azedos. Quero saber como poderia aproveitar as árvores com enxertia de espécies de laranja mais doces, aproveitáveis. E como este enxerto poderia ser feito. (Roberto)
26/06/2015 às 12:53h - Muito importante esta reportagem,gostaria de aprender esta técnica. (RONALDO DA SILVA TEIXEIRA)
02/04/2015 às 08:52h - Tenho dois pês de frutas com dois metros de altura, parece mexerica mas nunca deu nada, queria fazer enxerto, mas não sei. Poderiam me explicar, por favor, onde compro o enxerto o que fazer. Obrigado (EDELSON PEREIRA DA SILVA)
31/01/2015 às 01:15h - Qual o melhor tipo de enxertia para o fruta Achachairú. Grato (Haroldo Santos)
15/12/2014 às 05:30h - Prezados!! Estou precisando saber como devo proceder no enxerto da fruta ACHACHAÍRU. Pois tenho várias mudas e uma árvore grande. Att., (CARLOS ANTONIO DA SILVA)
12/12/2014 às 02:50h - qero saber como fazer enxeto de rosas mim mande com detalhe (josé herculano filho)
26/06/2014 às 04:20h - Muito bom!!! (Vinicius Botelho)
28/03/2014 às 10:14h - gostaria de saber se tem seiva artificial para ajudar na sicatrizaçao onde efeita a união das plantas. (argemiromartinsneto)
13/08/2012 às 09:00h - Dr. Leonardo , tudo bem. Por favor enviar resposta se possivel. Tenho varias mudas de frutiferas em vasos no meu terreno. Quanto horas eu tenho para fazer o "enxerto" depois da retirada do galho da arvore adulta. (Sergio Luiz de Miranda Valladares)
Colunistas | Eventos  | Cadastre-se  | Agrotempo  | Feiras e Fotos  | Vídeos
Ip: 54.81.205.176 Cod: -1 Est: -1 Cid: -1