19/08
CBOT
BM&F

Soja
US$ 11,17 (SET14)
R$ 54,91 (MAI14 )

Milho
US$ 3,61 (SET14)
R$ 24,25 (NOV14 )



Escolha a cultura e digite o nome (ou parte) do problema

Mancha preta

Pinta preta, mancha de alternária (Alternaria brassicae)

Sinônimo: Macrosporium brassicae

O patógeno encontra-se distribuído em todo o mundo e ataca principalmente em regiões onde prevalecem condições de alta umidade e temperatura baixa; a sua maior incidência no Brasil ocorre no Rio Grande do Sul. Alternaria brassicae ataca todas as crucíferas comerciais e silvestres, assim como espécies de outras famílias como Asteraceae, Chenopodiaceae, Cucurbitaceae, Leguminosae, Malvaceae, Oleaceae, Poaceae e Umbelliferae.

Danos: A doença ataca principalmente as "cabeças", onde produz manchas marrons, tornando-o impróprio para o consumo. Nas folhas aparecem manchas circulares, pequenas, caracterizadas pela presença de anéis concêntricos, as quais aumentam de tamanho rapidamente e coalescem para formar manchas maiores que podem ocupar uma grande área na lâmina foliar, rodeadas por um halo amarelado. Formam manchas necróticas no caule e ramos florais.

Controle: Não existem cultivares comerciais resistentes a A. brassicae, mas aqueles que possuem uma grossa epicutícula cerosa retêm menos água na superfície da lâmina foliar e, consequentemente, as chances de sucesso da infecção são menores. Usar sementes limpas, livres do patógeno e adequadamente tratadas com iprodione em pó; retirar e queimar ou enterrar os restos de cultura após a colheita, assim como o controle eficiente das plantas voluntárias e outras ervas daninhas da família das crucíferas; isolar os campos vizinhos de idades diferentes com cercas de "cheesecloth" para reduzir o perigo de infecção cruzada; realizar rotação de culturas com espécies não-hospedeiras. Aplicar fungicidas sistêmicos preventivos ou curativos só quando for necessário, dada a alta residualidade e fitotoxicidade dos mesmos.


Culturas afetadas que possuem controle com Agroquímicos registrados no MAPA


Fotos do problema



Deseja informações de quais produtos utilizar para tratar esse problema?
Consulte o AgrolinkFito clicando aqui, lá você encontrará a lista de todos os produtos recomendados para tratamento. A consulta ao sistema é Gratuita.