26/08
CBOT
BM&F

Soja
US$ 10,74 (SET14)
R$ 52,69 (MAI14)

Milho
US$ 3,55 (SET14)
R$ 24,2 (NOV14 )



Escolha a cultura e digite o nome (ou parte) do problema

Lagarta da couve

Curuquerê da couve (Ascia monuste orseis)

O adulto é uma borboleta cujas asas apresentam coloração que varia do branco amarelado ao branco esverdeado, com bordas escuras e corpo escuro, medindo cerca de 50 mm. A fêmea põe, geralmente, os ovos na face inferior das folhas, em grupos não muito juntos. 

Danos: O curuquerê-da-couve ocorre em folhas de diversas brassicáceas, tais como o agrião (Lepidium ruderale), brócolis (Brassica oleracea var. italica), mostarda (Sinapis arvensis) e nabiça (Raphanus raphanistrum), sendo que esta última é uma planta invasora anual infestante de diversas culturas agrícolas, frequente em culturas de inverno. É uma praga grandemente prejudicial as brassicáceas pois as larvas, logo após a eclosão dos ovos, iniciam o ataque as folhas, devorando durante seu período larval, destruindo as plantações.

Controle: Em pequenas plantações pode-se controlar a praga pelo esmagamento dos curuquerês ou dos ovos localizados nas folhas. Estes últimos são facilmente reconhecidos pela sua coloração amarelada. O controle químico é usualmente realizado através de pulverizações com produtos de baixo poder residual, como o Bacillus thuringiensis ou piretróides.


Culturas afetadas que possuem controle com Agroquímicos registrados no MAPA


Fotos do problema



Deseja informações de quais produtos utilizar para tratar esse problema?
Consulte o AgrolinkFito clicando aqui, lá você encontrará a lista de todos os produtos recomendados para tratamento. A consulta ao sistema é Gratuita.