17/01
CME
BM&F

Soja
10,69 (17/01)
n.d.

Milho
3,65 (17/01)
34,94 (17/01)

Aftosa


Marfrig confirma fechamento de frigorifico em Alegrete (RS)

Visitas: 1149

Marfrig confirma fechamento de frigorifico em Alegrete (RS)
29/12/16 - 12:21 

O Grupo Marfrig confirmou o encerramento das atividades na unidade de Alegrete (RS) a partir de janeiro de 2017. Os trabalhos foram finalizados em função das dificuldades de gestão na planta do frigorífico da cidade gaúcha. O fechamento dos serviços foi confirmado pelo presidente Global do Grupo Marfrig, Heraldo Geres, e pelo diretor da multinacional no Rio Grande do Sul, Luís Firmino, junto ao governo gaúcho nessa quarta-feira (28.12). No local, atuam mais de 600 trabalhadores.

Conforme Heraldo Geres, a decisão pré-anunciada no início deste mês pode ser alterada e o fechamento da planta ocorrerá ao longo de janeiro de 2017. No entanto, o vice-presidente global do Grupo Marfrig, anunciou a manutenção do funcionamento de outras duas plantas do frigorífico localizadas, em São Gabriel e Bagé, ambas no Rio Grande do Sul, que inclusive estão habilitadas para exportação de carne ao exterior.

Geres confirmou também, que o Marfrig está aberto a negociações com outros frigoríficos que estejam interessados em assumir a planta do grupo, em Alegrete, que está arrendada do Frigorífico Mercosul até 2031.

Para isso, o governo gaúcho vai intensificar as ações para verificar a disponibilidade de que outro grupo frigorífico assuma a planta de Alegrete o mais rápido possível, disse o secretário da Agricultura do Rio Grande do Sul, Ernani Polo.

"Nossa ideia é ajudar nesse sentido e buscarmos algum frigorífico interessado em assumir essa planta do Marfrig, ainda neste início de 2017. Chama a atenção para a relevância da planta a ser fechada que esta habilitada para vender aos principais mercados importadores de carne”, ressaltou.

O presidente do Sindicato Rural do Alegrete, Pedro Píffero, lamentou o anúncio justamente num período de incremento do abate na região da Fronteira. "Estamos prevendo incremento de 2% nos abates de bovinos neste ano, especialmente nos frigoríficos de inspeção federal, que é o caso do Marfrig. Oferta de gado existe na região”, concluiu.

Justiça do Trabalho suspende demissões

Em meio a confirmação do fechamento da unidade de Alegrete, a Justiça do Trabalho também determinou a suspensão da demissão dos 648 trabalhadores que atuam no Frigorífico Marfrig. A decisão foi proferida pela Justiça também na quarta-feira a partir de ação ajuizada pela Sindicato da Alimentação. Com isso, as demissões ficam proibidas de serem homologadas até que se estabeleçam novas negociações entre patrões e empregados. Em caso de descumprimento, será aplicada multa de R$ 100 mil ao Grupo Marfrig.


Agrolink
Autor: Lucas Rivas

Notícias relacionadas

18/01/17 » Custo de produção da pecuária leiteira subiu neste início do ano
18/01/17 » Integração Lavoura-Pecuária-Floresta é atração na Safratec
18/01/17 » Alta do preço do leite no mercado spot
18/01/17 » Clima vai favorecer safra de grãos
18/01/17 » No embalo do farelo de soja, o preço do farelo de algodão caiu

Comentários

Comente esse conteúdo preenchendo o formulário abaixo e clicando em enviar






- Opiniões expressas nesse ambiente são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representam o posicionamento do Portal Agrolink.

Até o momento não houve nenhum comentário para esse conteúdo.


Colunistas | Eventos  | Cadastre-se  | Agrotempo  | Feiras e Fotos  | Vídeos
Ip: 54.145.232.99 Cod: -1 Est: -1 Cid: -1

 
Fale Conosco
Em que podemos ajudá-lo?